reforco-com-vacina-bivalente-contra-covid-pode-ficar-restrito-a-grupos-de-risco

Reforço com vacina bivalente contra Covid pode ficar restrito a grupos de risco

reforco-com-vacina-bivalente-contra-covid-pode-ficar-restrito-a-grupos-de-risco

A CTAI (Câmara Técnica Assessora em Imunizações) recomendou ao Ministério da Saúde na última quarta (30) que as vacinas bivalentes contra a Covid-19 sejam utilizadas como dose de reforço somente em grupos de maior risco, como idosos, imunossuprimidos e gestantes. Para outros públicos, como jovens sem comorbidades, faltam evidências sobre as vantagens que um novo reforço traria em evitar gravidades pela doença.
Leia mais (12/03/2022 – 10h00)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Mais lidas

Receba nossas notícias

Cadastrar email

Sem spam, apenas notificações sobre as últimas notícias e artigos.

Ver mais notícias sobre:

Continue lendo

Posts relacionados