prevalencia-de-estresse-pos-traumatico-em-sp-e-baixa,-mas-muitos-casos-estao-no-limiar-do-transtorno

Prevalência de estresse pós-traumático em SP é baixa, mas muitos casos estão no limiar do transtorno

prevalencia-de-estresse-pos-traumatico-em-sp-e-baixa,-mas-muitos-casos-estao-no-limiar-do-transtorno

Estudo divulgado no Journal of Psychiatric Research revela que na região metropolitana de São Paulo 1,6% da população diz ter sofrido de estresse pós-traumático nos últimos 12 meses e 3,2% já vivenciaram o problema ao longo da vida. Embora os resultados indiquem uma baixa prevalência do transtorno, eles alertam para o grande número de casos subsindrômicos, ou seja, aqueles em que a pessoa não apresenta todos os sintomas que configuram o transtorno, mas fica no limiar.
Leia mais (01/05/2023 – 04h00)

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Mais lidas

Receba nossas notícias

Cadastrar email

Sem spam, apenas notificações sobre as últimas notícias e artigos.

Ver mais notícias sobre:

Continue lendo

Posts relacionados