leucoplasia:-entenda-o-que-e-lesao-que-fez-lula-passar-por-cirurgia

Leucoplasia: entenda o que é lesão que fez Lula passar por cirurgia

leucoplasia:-entenda-o-que-e-lesao-que-fez-lula-passar-por-cirurgia


O presidente eleito deu entrada no Hospital Sírio Libanês no último domingo (20) retirar uma mancha na prega vocal esquerda. Ele teve alta nesta segunda e passa bem. Remoção cirúrgica mostrou que lesão não era pré-tumoral ou câncer de laringe, diz especialista. COP 27 – Lula fala durante evento com governadores da Amazônia Legal
JOSEPH EID / AFP
O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva deu entrada no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, no último domingo (20), para a realizar a retirada de uma leucoplasia na prega vocal esquerda.
Lula teve alta nesta segunda (21) de manhã e passa bem. Ele foi acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Dr. Roberto Kalil Filho, cardiologista do presidente eleito, além de Artur Katz, Dr. Rubens Brito, Dr. Rui Imamura e Dr. Luiz Paulo Kowalski.
O que é Leucoplasia?
“Leucoplasia é uma lesão branca na superfície da prega vocal que não pode ser definida por nenhuma doença”, explica Adriana Hachiya, vice-presidente da Academia de Laringologia e Voz (ABLV) e membro da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial.
A lesão pode ser causada por quadros inflamatórios causados por laringites infecciosas, refluxo ou abuso vocal, ou também ser a manifestação inicial de um câncer da laringe.
“Lesões persistentes, que não melhoram com tratamento clínico, é mandatório uma biópsia da lesão para que se descarte uma recidiva tumoral. No caso dele, a remoção cirúrgica da lesão mostrou que não tinha neoplasia, ou seja, a lesão branca não era lesão pré-tumoral ou um câncer de laringe.”
Em 2011, Lula foi diagnosticado com um tumor na laringe. No ano seguinte, os médicos anunciaram a “remissão completa do câncer” .
Em nota, a equipe médica que acompanhou Lula informou que o procedimento mostrou “ausência de neoplasia”. Veja a íntegra da nota mais abaixo.
Para além do tratamento cirúrgico, é indicado um acompanhamento fonoterápico antes e depois do procedimento. É o que explica a fonoaudióloga Glaucia Verena, mestre e doutoranda pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.
“É fundamental que a gente cumpra um protocolo de antes e depois da cirurgia, existir um acompanhamento fonoaudiológico para tentar equilibrar a possibilidade de abusos vocais variados em decorrência da lesão, e posteriormente na recuperação cirúrgica, caso seja indicada.”
A fonoaudióloga alerta, ainda, para os sintomas de rouquidão vocal.
“Rouquidão por mais de 15 dias não é normal. É um grande fator sinalizador de vários tipos de lesão na laringe.”
Veja a íntegra do boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio-Libanês.
BOLETIM MÉDICO
LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
21/11/2022
8H
O Presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva deu entrada ontem, no Hospital Sírio-Libanês, para a realização de uma laringoscopia para retirada de leucoplasia da prega vocal esquerda. O procedimento mostrou ausência de neoplasia.
Ele teve alta hoje, às 7h45, e foi acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho, Dr. Artur Katz, Dr. Rubens Brito, Dr. Rui Imamura e Dr. Luiz Paulo Kowalski.
Dr. Luiz Francisco Cardoso, Diretor de Governança Clínica
Dr. Ângelo Fernandez, Diretor Clínico

Compartilhe:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

Mais lidas

Receba nossas notícias

Cadastrar email

Sem spam, apenas notificações sobre as últimas notícias e artigos.

Ver mais notícias sobre:

Continue lendo

Posts relacionados